Redson, vocalista da banda punk Cólera, morre aos 49 anos

 

Vida longa ao Cólera! Vida longa ao camarada Redson! Suas letras, luta e ideais permanecerão!

Fundador e vocalista da banda Cólera, Redson Pozzi morreu na noite dessa terça-feira (27), em São Paulo, aos 49 anos. A notícia foi dada por meio das redes sociais. “Redson (Cólera) meu amigo e ex-sócio na Ataque Frontal faleceu esta noite. Descanse em PAZ camarada, certeza que fez sua história!”, postou o perfil do selo. De acordo com Renata Lacerda, fotógrafa da banda, o músico morreu devido à uma hemorragia interna, causada por uma úlcera no estômago.

Segundo o baixista Val Pinheiro escreveu no Orkut, “Redson passou mal quando estava sozinho em sua residência por volta das 2h30 na madrugada de segunda-feira (26) para terça, foi socorrido por um amigo que acionou o SAMU e o conduziu ao Hospital João XXIII, na Mooca, onde foi atendido”.

Por volta das 15h de ontem, o cantor teria recebido a visita de um amigo, com quem conversou por quase uma hora e meia, até que os seguranças pediram que ele se retirasse. Às 22h do mesmo dia, a família de Redson recebeu um telefonema pedindo que comparecessem ao hospital com os documentos do músico, ainda de acordo com Val Pinheiro.

Edson “Redson” Lopes Pozzi formou o Cólera em 1979 ao lado de seu irmão, Carlos “Pierre” Lopes Pozzi. Completando a formação, Kinno e Hélinho. Referência no punk nacional, a banda ajudou a construir a história do gênero no País e se tornou um dos grupos de maior longevidade no Brasiil.

Em 1981, Hélio e Kino deixam a banda. Valdemir “Val” Pinheiro entra para assumir o baixo e Redson toma a guitarra e os vocais. Nesse momento, o grupo encontra uma nova ideologia, agora com foco pacifista, antimilitarista e ecológica.

No ano seguinte, o Cólera é listado na compilação Grito Suburbano, primeiro registro do punk paulistano em LP, ao lado de Inocentes e Olho Seco. Ainda em 82, fazem uma participação no festival o Começo do Fim do Mundo, no Sesc Pompeia, ao lado de nomes internacionais.

Redson cria então o selo Estúdios Vermelhos, em 1983, e lança a compilação SUB, ao lado de Ratos de Porão e Fogo Cruzado. Dois anos depois, o selo muda de nome para Ataque Frontal lança o álbum de estreia, Tente Mudar o Amanhã. Ainda em 85, eles gravam o show de lançamento e lançam um split-LP junto com o Ratos de Porão e mais uma compilação, Ataque Sonoro.

Em 1986, o álbum Pela Paz em Todo Mundo vende 85 cópias, um número bastante expressivo para o lançamento independente. No ano seguinte é a vez de sair o EP É Natal!!!? e uma excurssão na Europa pelo circuito underground. Lá, Redson e seu grupo dividiram o palco com os alemães do Inferno e os britânicos do Disorder.

Os registros da turnê são lançados nos anos seguintes com o ao vivo European Tour ’87 e um vídeo 20 Minutos de Cólera. Em 1989 sai Verde, Não Devaste!, pela Devil Records. Mesma época em que desenvolvem uma parceria com a banda Plebe Rude, de Brasília.

Em 1992 é lançado Mundo Mecânico, Mundo Eletrônico, que conta com uma regravação de seu primeiro álbum, a faixa 1.9.9.2. Após mais um hiato de lançamentos, o próximo disco, Caos Mental Geral, só sai em 1998. Em 2000, a Plebe Rude regrava Medo, do Cólera, no álbum ao vivo Enquanto a Trégua Não Vem. No mesmo ano, o Inocentes regrava Quanto Vale a Liberdade no disco O Barulho dos Inocentes.

Para celebrar mais um aniversário da banda, lançam 20 Anos Ao Vivo, em 2002, e Deixe a Terra em Paz, em 2004. Primeiros Sintomas é lançado em 2006, com diversas gravações de 1979 e 1980. Após mais uma turnê europeia em 2008, abriram em 2009 a excurssão 30 Anos Sem Parar! pelo Brasil.

O velório começa hoje (28.09) a partir da 22h no Cemitério da Vila Alpina, em São Paulo. O sepultamento será nesta quinta, às 10h.

Anúncios

Uma resposta para “Redson, vocalista da banda punk Cólera, morre aos 49 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s